Ação imediata contra as pirâmides nacionais ou internacionais que atuam no Brasil

A Revista SUCESSO, ficou sabendo em primeira mão que a ABRANETWORK, que já ajudou a fechar 17 pirâmides em uma ano, vai jogar muito duro a partir de agora e deve contribuir com o fechamento de pelo menos 14 pirâmides grandes no Brasil, nos próximos meses,

Não importa se a sede da empresa fica no Brasil, se a rede é paga em Bitcoin, serão cerca de 19 medidas que resolverão efetivamente essa proliferação de esquemas que assola o Brasil. Numa delas, o próprio site da empresa, poderá ser retirado do ar, independente de notificação e localização dos donos do domínio.

Publicidade

Veja o comunicado da instituição que está 100% alinhada com os órgãos públicos e com comunicação direta com as autoridades.

COMUNICADO PÚBLICO:

A Associação Brasileira dos Empreendedores de Network Marketing – Abranetwork, por meio de seu Corpo Diretivo, vem, por meio deste Comunicado, informar a criação de seu “Conselho de Combate a Pirâmides” (CCP).

Formada por uma equipe multidisciplinar de profissionais, o Conselho de Combate a Pirâmides nasce com o objetivo de proteger e zelar pelos interesses dos Empreendedores de Marketing Multinível do Brasil, associados ou não à Abranetwork, assim como para promover o seguimento de Marketing Multinível e contribuir para a construção e manutenção de um ambiente profissional ético e saudável.

Além disso, a o Conselho de Combate a Pirâmides estabelecerá contato com as autoridades do Ministério Público, CVM, Receita Federal, Policia Federal e Secretária Nacional de Defesa do Consumidor, a fim de permitir a rápida apuração de eventuais crimes que estejam sendo praticados no mercado em detrimento dos Empreendedores.

Nesse sentido, com a criação do Conselho de Combate a Pirâmides, os Empreendedores terão um canal organizado para que possam solicitar esclarecimentos ou apresentarem suas denúncias em relação a determinada empresa ou modelo de negócio oferecido no mercado, cuja estratégia comercial se dê através do Marketing Multinível.

O Conselho de Combate a Pirâmides da Abranetwork entrará em contato com a empresa e ofertará o direito de submeter seu plano de negócios para uma análise aprofundada a respeito da sua sustentabilidade. O não atendimento ao requerimento do Conselho importará no envio imediato das denúncias recebidas às autoridades para averiguação.

O Conselho de Combate a Pirâmides da Abranetwork conta com uma equipe multidisciplinar formada por advogados, auditores, contadores, traders, especialistas em planos de MMN e especialistas em Criptomoedas.

Na próxima semana divulgaremos o e-mail para o canal de denúncias e convocaremos as primeiras onze empresas para, querendo, apresentarem seus documentos que demonstrem a licitude de sua operação, cujas denúncias foram recebidas diretamente pela Abranetwork antes mesmo da constituição do Conselho de Combate a Pirâmides.

Deixe sua opinião