Afinal… quem é Milionário no Brasil? E no Marketing Multinível?

Mas afinal, milionário é quem ganhou 1 milhão ou quem possui muitos milhões? Outra coisa, estamos falando de Milhão de Reais ou de dólares?

Tecnicamente, a palavra “milionário” surgiu em meados do século XVIII na Europa e se referia aos milionários da época, quando possuir uma quantia equivalente a um milhão em valores da moeda corrente local era extremamente difícil.

Mas hoje, na atualidade, o termo “milionário” deixou de ser designado por um valor especifico e passou a ser atribuído através de um conceito. Podendo-se ser designado a um indivíduo de grandes poderes financeiros: que não precisa trabalhar para manter um padrão de vida luxuoso e confortável e, mesmo assim, pode deixar uma boa estrutura financeira para a família.

Para se ter uma ideia, se corrigidos os valores daquela época para o momento atual, um milhão de dólares daria aproximadamente 25 milhões na mesma moeda nos dias atuais. Por isso, quando a palavra foi formada, o conceito de sua formulação se referia a um indivíduo de grande poder financeiro.

Atualmente no Brasil existem muitas pessoas que detém em seu poder patrimônios (em dinheiro/espécie) e propriedades que na soma superam a cifra de um milhão de reais, mas esses indivíduos não podem ser considerados tecnicamente milionários.

Esses valores são provenientes da elevada inflação histórica do Brasil, das escaladas dos preços dos imóveis. São em suma, por exemplo, pessoas que adquiriram propriedades anos atrás e hoje veem seu patrimônio representar outras cifras. Seriam pessoas, por exemplo, que compraram uma casa dez anos atrás por 150 mil reais e hoje, com a valorização do imóvel em algumas regiões do país, vivem em residências avaliadas em 500 ou 700 mil reais.

Soma-se a isto a renda das pessoas da casa e planejamentos financeiros, possíveis após o Plano Real e a estabilidade econômica, e temos famílias bem-sucedidas com patrimônio avaliado em um milhão de reais.

Mas isso não fará dessas pessoas tecnicamente milionárias, por que o conceito da palavra deixou de ser representativo em uma cifra especifica e passou a ser designado a indivíduos com padrão de vida elevado e luxuoso.

Deste modo, através de cálculos bem simplistas, sem considerar por exemplo o poder aquisitivo da época em relação ao atual, em Dez/2016 um brasileiro teria que ter valores superiores a R$ 85.000.000,00 para ser considerado milionário.

No entanto, como já citado, o termo perdeu seu sentido numérico e se tornou totalmente qualitativo da condição de vida da pessoa (e sua família).

Considerando o mundo atual, mesmo nos EUA uma pessoa que possua 1 milhão de dólares (No Brasil, cerca de 4 milhões de Reais) não é considerada milionária.

Estudos recentes, indicam que milionário, é quem possui, fora patrimônio de sua casa principal e de maior valor, o equivalente a 4 milhões de Reais acumulados em bens, investimentos, com liquidez e sem endividamento.

QUANTOS MILIONÁRIOS O BRASIL POSSUI?

O Brasil fechou o ano de 2017 com 164 mil pessoas, mas este número tende a subir para cerca de 296 mil até 2022, diante das perspectivas de crescimento da economia brasileira.

O cenário é traçado pelo Relatório Global de Riqueza do Credit Suisse, divulgado pelo banco em Zurique.

Em um prazo de cinco anos, também até 2022, a riqueza das famílias brasileiras deve avançar dos atuais US$ 2,5 trilhões para US$ 4 trilhões.

Cerca de 2.300 brasileiros possuem uma fortuna acima de US$ 50 milhões (200 milhões de Reais)

Os brasileiros de alta renda – aqueles com pelo menos R$ 1 milhão em aplicações financeiras e atendidos especificamente pelo canal de private banking – somaram 117.421 clientes em 2017 e fecharam o ano passado com R$ 964 bilhões investidos no país, segundo divulgou nesta quarta-feira (21) a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima)

O total de R$ 964 bilhões investidos por esses milionários representa 36% de todo o investimento de pessoas físicas no Brasil, que totalizou R$ 2,658 trilhões em dezembro do ano passado, segundo a Anbima.

O relatório estima que o Brasil apresentará o segundo maior aumento no número de milionários, entre 23 países analisados.

Os Estados Unidos concentram atualmente o maior número de milionários no mundo (15,35 milhões), seguidos por Japão (2,69 milhões), Reino Unido (2,19 milhões), Alemanha (1,96 milhão) e China ( 1,95 milhão).

E OS MILIONÁRIOS DO MARKETING MULTINÍVEL?

A indústria do Marketing Multinível é a que mais gera novos milionários, em diversos países do mundo.

Muito em breve a SUCESSO irá divulgar levantamento apresentando números bastantes esclarecedores sobre a força do segmento e o número de milionários brasileiros que atuam no MMN.

Veja tabela abaixo:

Deixe sua opinião