Como a Avon está transformando seus consultores em influenciadores neste país latino

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

A empresa de cosméticos está tomando medidas aceleradas para transferir suas vendas para o segmento de comércio eletrônico, transformando seus consultores em influenciadores.

A Avon, empresa do segmento de cosméticos fundada em 1886, anunciou o lançamento de uma plataforma de vendas on-line para seu mercado no Chile.

A empresa – uma das primeiras a vender catálogos em massa por meio de consultorias – visa “atingir um número maior de consumidores”.

“Após essa implementação, o Chile se torna o 27º mercado no mundo e o quarto na América do Sul a estabelecer a modalidade de comércio eletrônico, juntando-se à Colômbia, Peru e Equador“, afirmou a empresa em comunicado.

Isso permite que eles gerenciem seus negócios em casa com facilidade, rapidez e segurança; aspecto fundamental no contexto atual gerado pela pandemia do Covid-19.

Sebastián Abad, gerente geral da Avon Chile, explicou que essa inovação “faz parte da estratégia global da empresa, que visa gerar maior acesso à marca e promover o desenvolvimento dos negócios dos diretores em todo o mundo”.

O executivo destacou que o Chile, país onde as vendas de comércio eletrônico cresceram mais de 35% no ano passado , “é um mercado ideal para o desenvolvimento digital de nossa oferta, sempre considerando a conexão com as pessoas”.

Nova maneira de interagir com consultores

A Avon, ao lançar essa inovação, manterá “um diálogo próximo e consultoria personalizada fornecida por consultores independentes”.

O site da Avon foi especialmente projetado para que, assim que os produtos tenham sido selecionados e carregados no carrinho de compras, os clientes possam entrar em contato com um dos consultores para receber informações e conselhos sobre os itens adquiridos, se assim o desejarem.

“Com isso, a marca, por sua vez, incentiva as consultorias a influenciarem a beleza”, afirmou a Avon Chile em comunicado.

Os usuários do site terão a possibilidade de apoiar um empreendedor de beleza comprando em sua loja on-line, escolhendo-o aleatoriamente ou procurando o consultor habitual. Enquanto isso, a consultoria de produtos escolhida da Avon receberá uma comissão por essa venda.

Conforme apontado pela Avon, já existem consultorias que começaram a abrir suas lojas virtuais, registrando a abertura de mais de mil lojas somente na primeira semana.

Quem compra produtos pode efetuar o pagamento diretamente na página, onde também é possível gerenciar alterações e devoluções. Os produtos são enviados para sua casa ou podem ser retirados em um ponto de coleta.

Veja também