Conheça a estranha associação de uma empresa com uma pirâmide que ruiu

O empresário Helio Tatsuo, autor do livro, “Você nasceu para vender muito” e fundador da Hoken, tradicional empresa de MMN, que começou suas atividades vendendo purificadores de água, vem há algum tempo, tentando revolucionar a empresa e seu negócio.

Há cerca de 2 anos atrás, rebatizou sua empresa de HK Clube. Ampliou sua linha de produtos, mudou o plano e conseguiu crescer de forma consistente, atraindo líderes como nunca havia conseguido.

Publicidade

Mas seu crescimento aconteceu, justamente quando as empresas de criptomoedas nasceram e se proliferaram, interrompendo a grande ascensão que estava obtendo.

Para não ficar atrás, Tatsuo resolver se unir a empresa de criptomoedas ARBCrypto, “sem saber” que a mesma era uma pirâmide financeira e sem prever que os donos da ARBCrypto, não honrariam com o acordo feito e não pagariam pela compra da HK Club. E o pior, contratualmente, deixaram Helio Tatsuo engessado.

A sorte de Tatsuo, é que meses depois da operação concluída, a piramide começou a não pagar a rede.

Com total apoio dos líderes, Helio Tatsuo, se viu obrigado a criar a um novo projeto, chamado Digital Coin, que inclusive já possui em seu curtíssimo tempo de vida, seu primeiro milionário, o líder Hygor Guerreiro.

A Abranetwork está avaliando as operações da Digital Coin, antes de recomendá-la como empresa legitima ou pirâmide financeira.

Apesar da carreira ética e vitoriosa de Helio Tatsuo, ainda não ficou claro, os motivos pelos quais ele se associou a ARBCrypto, quando todo o mercado sabia que esta era um tradicional esquema ponzi.

Vamos aguardar os próximos capítulos.

Sobre HelioTatsuo

Hélio Tatsuo Yostsui, nascido em 1969, já foi feirante e vendedor. Em 1997, decidiu abrir uma empresa de fabricação de aparelhos de tratamento de água, a Hoken.

O começo foi na sala de casa e contou com o apoio irrestrito de sua mulher. Mesmo não sabendo uma palavra em inglês, ele foi para uma feira nos Estados Unidos em busca da tecnologia. Hoje, a Hoken International Company fatura R$ 150 milhões por ano e exporta para oito países.

Deixe sua opinião