Ex-Triplo Diamante da Hinode entra com ação exigindo R$ 4 milhões

0
200

Um Triplo Diamante da Hinode, que teve seu ID bloqueado indevidamente, ajuizou uma ação indenizatória na 17ª Região do Espírito Santo.

A ação que já está tramitando na 5ª Vara de Trabalho, com cálculo inicial de Quatro Milhões, Duzentos e Trinta e Seis Mil Reais, é apenas uma, entre mais de 20 outras ações.

A Hinode é uma das poucas empresas de MMN do Brasil, que sempre exigiu exclusividade de seus empreendedores, o que é totalmente contraproducente, tendo em vista que os distribuidores independentes, como o próprio nome bem diz, são independentes e não dependentes e exclusivos da empresa.

Os critérios de bloqueio de ID no Brasil são sempre subjetivos e se baseiam nas seguintes justificativas:

  1. Empreendedor desenvolve mais de uma empresa;
  2. Empreendedor aliciou a rede que ele próprio criou (e que também pertence a ele) para outra empresa;
  3. Empreendedor fez algum tipo de postagem em rede social ou mídia, fora das normas das empresas;
  4. Empreendedor denigriu a imagem da empresa de forma privada ou pública;
  5. Empreendedor vendeu produtos fora da tabela de preços convencionada pela empresa;

O Dr. Analton Loxe Jr. advogado super conceituado, especializado em causas afetas ao Marketing Multinível de produtos físicos e de produtos digitais, com larga experiencia em ações contra as piramides financeiras, é quem representa o autor desta ação milionária.

As outras causas contra a Hinode, são de Diamantes acima, que se sentiram prejudicados ou lesados, pelo cancelamento de seus IDs.

A indenização média das outras causas, gira em torno de 500 mil reais.

O escritório do Dr. Analton Loxe Jr,  vem ganhando diversas causas, similares no Brasil, contando já, com uma jurisprudência em questões de bloqueio de IDs.

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui