Fundadores da i9Life estão impedidos judicialmente de atuar no segmento de MMN

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

O presidente da i9Life, Carlos Faria, que comprou a empresa em janeiro deste ano, ganhou na justiça o direito de impedir que os fundadores da i9Life, (Renato Mattos, Fernando Mattos, Junior Motivado e João Paulo) criem uma nova empresa, ou atuem no segmento de Marketing de Rede.

A determinação judicial não estava sendo cumprida desde março de 2019 e eles terão que pagar cerca R$ 50 mil reais por dia por descumprimento.

Diante desta decisão, mantida ontem pelo juiz que não acatou pedido da defesa, os mesmos não podem sequer, atuar como conselheiros ou consultores.

Conforme divulgação feita pelos próprios fundadores, dia 27 de Abril, acontecerá, o lançamento da empresa DNA, que conforme provas anexadas ao processo, pertencem aos fundadores.

Renato Mattos, retirou do ar, toda sua rede social, uma vez que em outra ação, ele não pode sequer se promover, sob pena de mais uma multa diária.

Caso a DNA se lance no mercado dia 27, a multa acumulada chegará a Hum Milhão e Quinhentos Mil Reais. Ou seja, a empresa já nasce com um forte passivo retroativo e acumulativo.

Enquanto isso, o presidente da i9Life, está montando um time muito forte para o corporativo da empresa, preparando lançamento de novos produtos e prometendo colocar a i9Life como uma das maiores empresas do país.

Conforme divulgação da empresa, março foi o melhor mês de adesão da i9Life, que perdeu líderes, mas bateu recorde de adesão, com a forte campanha que estão fazendo.