Hinode se prepara para o contra ataque

O Grupo Hinode, a maior empresa de Marketing Multinível de produtos do país, está preparando um forte contra ataque para retomar seu crescimento, após ter perdido alguns de seus maiores líderes e milhares de empreendedores para outras empresas de marketing de rede, principalmente de criptomoedas.

Mudanças no plano acontecerão e a grande expectativa é a retirada do bônus binário, seguindo a tendência mundial em empresas de produtos.

Publicidade

No Brasil a gigante Racco e a maior empresa multicanal do mundo, a Polishop, retiraram o binário de seus planos.

Uma movimentação interna, aponta para uma exposição maior, do sócio e Chief Sales Office (CSO), Eduardo Frayha relacionando mais com a rede.

A CEO Marilia Roca também sinaliza maior poder e autonomia na gestão da empresa, mas ainda param dúvidas sobre a veracidade de que Sandro Rodrigues e família já não são os principais sócios do negócio. Mas este assunto é pura especulação e fofoca do MMN atual.

Na prática, tudo leva a crer que a Hinode vem com uma pegada mais voltada para a base, investindo em eventos, premiações e bônus para quem está comprometido com as vendas.

Um sinal disso, foi a divulgação do Cruzeiro que não irá levar líderes, mas empreendedores que estão comprometidos com a empresa, duplicando, vendendo e batendo as metas de qualificação para viajar pelo Brasil e pelo mundo.

Novos produtos populares também devem ampliar a lista de produtos. O lançamento do e-commerce, que concede uma loja virtual para cada distribuidor, já mostra que a empresa está se reinventando para atender as necessidades do mercado e da rede.

Grandes líderes da empresa, garantem, que a Hinode perdeu faturamento, mas que a limpa de líderes que eram nocivos ao negócio, irá ajudá-la a atingir patamares de crescimento ainda maiores do que ela viveu nos últimos anos.

 

 

Deixe sua opinião