Mary Kay lança acelerador de empreendedorismo feminino

A Mary Kay sempre foi uma importante defensora do empoderamento e empreendedorismo das mulheres. A empresa acabou de anunciar hoje o Acelerador do Empreendedorismo Feminino.

A iniciativa é uma colaboração estratégica desenvolvida em consulta com seis agências das Nações Unidas: ONU Mulheres, Escritório das Nações Unidas para Parcerias (UNOP), Organização Internacional do Trabalho (OIT), International Trade Center (ITC), UN Global Compact (UNGC) e United States Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). A iniciativa de múltiplos parceiros foi criada para inspirar, educar e capacitar mulheres empreendedoras em todo o mundo.

Publicidade

O Accelerator oferecerá um currículo digital guiado, complementado por treinamento e orientação no local. Além disso, servirá como uma plataforma de advocacia para eliminar os obstáculos empresariais para as mulheres, desde a alfabetização digital até a reforma legal, permitindo que as mulheres participem plenamente do crescimento de suas economias locais e nacionais. O Accelerator apoiará os esforços globais para incentivar as empresas a estabelecer e expandir relacionamentos com empresas pertencentes a mulheres, incluindo compras corporativas. A expansão futura do programa incluirá oportunidades de financiamento acessíveis às mulheres que completam o currículo.

“A Mary Kay empoderou as mulheres através do empreendedorismo e apoiou suas aspirações por segurança financeira e independência por mais de 56 anos”, disse Deborah Gibbins, diretora de operações da Mary Kay. “As organizações do setor público e privado devem trabalhar juntas para garantir que todas as mulheres empresárias tenham acesso às ferramentas e educação necessárias para tornar realidade seus sonhos de independência financeira, elevando suas famílias e comunidades.”

O Acelerador de Empreendedorismo Feminino estará inicialmente disponível em seis idiomas, com mais por vir à medida que o programa se expande para 192 países. O Accelerator também convocará um comitê consultivo de empreendedores, celebridades e advogados para supervisionar a expansão e a promoção do programa.

“Uma mulher informada com dinheiro no bolso é uma mulher empoderada”, disse Phumzile Mlambo-Ngcuka, diretora executiva da ONU Mulheres. “Com o crescente número de inovadoras ativas atualmente, o empreendedorismo e o empoderamento das mulheres estão fortemente em ascensão. Os advogados de todo o mundo que estão se unindo para criar o Acelerador do Empreendedorismo Feminino, permitirão que mais mulheres do que nunca se tornem empreendedores com conhecimento, cultivem independência financeira e apoiem suas comunidades locais. ”

“Na ITC, estamos ansiosos para ingressar no Acelerador de Empreendedorismo Feminino, por meio de nossa Iniciativa SheTrades, para alcançar um progresso real na conquista do ODS5 para capacitar todas as mulheres e meninas”, disse Arancha González, diretora executiva do International Trade Center. “Com essa parceria, capacitaremos mulheres e meninas para perseguir seus sonhos de empreendedorismo e equipá-las com as habilidades necessárias para transformar esses sonhos em sucesso nos negócios.”

O Women’s Entrepreneurship Accelerator é o mais recente de uma série de medidas recentes tomadas pela Mary Kay para capacitar as mulheres e melhorar suas vidas em todo o mundo. No início deste ano, Mary Kay adicionou seu nome a uma lista crescente de empresas e corporações que se comprometem com os Princípios de Empoderamento das Mulheres, um projeto conjunto do Pacto Global da ONU e da ONU Mulheres desenvolvido para enfatizar o argumento comercial da ação corporativa para promover a igualdade de gênero. Mary Kay também é signatária do Pacto Global da ONU, a maior iniciativa corporativa de sustentabilidade do mundo. Durante a Assembléia Geral das Nações Unidas, a Mary Kay patrocinará o WE Empower UN SDG Challenge, a primeira competição global de negócios para mulheres empresárias convocada pela renomada estilista Diane von Furstenberg.

Deixe sua opinião