Não crie uma rede de “Distribuidores Parasitas”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Um dos segredos de uma rede de distribuição de sucesso nas vendas diretas é a duplicação. Talvez, ser duplicável, seja uma das mais importantes habilidades que você deve aprender para a construção de uma rede sólida e independente, para que você realmente consiga a alavancagem e a renda residual tão almejadas.

Passam, pelo nosso negócio, distribuidores que são “recrutadores natos” mas que, na hora do acompanhamento e do patrocínio responsável, deixam a desejar, e acabam passando por eternos ciclos de construção e reconstrução.

Isso, normalmente, se deve ao fato desse distribuidor não praticar a atividade de uma forma simples, que seja compreendida e possa ser aplicável a qualquer pessoa que ingresse no negócio, ou seja, suas ações não são duplicáveis. Servem para ele e para ninguém mais.

Por esse motivo, seguir um padrão e um sistema de atividades simplificado é tão importante. Para que qualquer pessoa que seja patrocinada tenha as mesmas chances e saiba fazer as mesmas coisas que qualquer outro distribuidor.

E não se engane, pois até a prática de algo simples requer atenção, disciplina, comprometimento e profissionalismo! As pessoas tendem a negligenciar o óbvio e o simples, e aí que cometem um erro fatal nas vendas diretas, pois é na especialização de atividades simples que você se torna um profissional.

Ser um bom patrocinador não é apenas ser duplicável em suas atividades, mas acompanhar seu patrocinado, especialmente, nos primeiros passos dele na empresa. Primeiras vendas, primeiras apresentações, primeiros treinamentos, primeiros erros e primeiras conquistas.

Só não confunda fazer com ele, com fazer para ele. Seu papel é acompanha-lo, orientá-lo, desenvolvê-lo e cortar o cordão umbilical o mais rápido possível. O que você menos vai querer é construir uma rede de “distribuidores parasitas”, que só sobrevivem quando conectados ao “distribuidor hospedeiro”.

Outro papel importante do bom líder é conectar suas equipes a um sistema de ferramentas eventos e treinamentos, pois se tornarão produtivas mesmo que na ausência dele. Essa é a única maneira de se conquistar liberdade no multinível.

Por fim, mas não menos importante, um bom patrocinador também é um bom consultor. É uma pessoa que, de forma transparente e direta, ajuda seu novo patrocinado a gerenciar expectativas, frustrações e vitórias. Que se coloca na posição do novo para compreender seu momento e que acorda com ele as formas de condução do relacionamento. Que é sério e sereno quando o momento exige e que parabeniza e comemora quando há merecimento.

Você deve criar laços de afeto e amizade e se tornar um mentor para sua rede de distribuidores. A melhor forma disso acontecer, como sempre, é sendo exemplo de ser humano e profissional. Assim, sua rede de distribuição será sempre o seu reflexo.

Sucesso e bons negócios!

Kadú Pimentel

É Diamante da Jeunesse Global e Advogado, formado pela Universidade Estadual de Londrina-PR, especialista em Direito Tributário e Direito Empresarial, é também Conselheiro da Abranetwork.

Mesmo tendo sucesso na advocacia e na consultoria, conheceu as vendas diretas em 2009 e apaixonou-se pela atividade. Atualmente, lidera uma grande equipe de distribuidores, presente em mais de 15 estados brasileiros e outros 10 países, espalhados pela Europa, América do Norte, Ásia e Oceania.

Conhecido por sua ética, profissionalismo e treinamentos avançados, acredita que o sucesso é consequência da entrega, da dedicação, da resiliência, da busca constante pela excelência, tudo com base em valores e princípios de integridade, cooperativismo, honestidade e humanidade.

 

Veja também