Telexfree: novo capitulo sobre a fraude

Fabio Wanzeler, irmão do co-criador da Telexfree, lucrou cerca de U$ 633.578 das vítimas da TelexFree. Sua esposa, também investidora, acabou perdendo U$ 7 mil.

No final de 2016, a casa da família de Fabio Wanzeler na Flórida, foi penhorada judicialmente por ganhos ilícitos obtidos através da TelexFree.

Publicidade

Poucos meses depois, o advogado de Fabio Wanzeler alegou que a casa em questão não tinha nada a ver com a TelexFree.

O advogado de Wanzeler argumentou:

Fábio Wanzeler adquiriu a propriedade através da renda que recebeu como sócio em dois negócios de telecomunicações com o réu Carlos Wanzeler.

Os negócios eram Comunicação e Diskavontade do Common Cent.

Essas empresas são distinguíveis da TelexFree, que foi identificada como um esquema Ponzi na denúncia criminal.

A Justiça determinou que Fábio Wanzeler deve executar uma escritura de transferência de propriedade do imóvel localizado na Flórida e em Coconut Creek para o administrador do fundo judicial.

Desta forma, espera-se que os Estados Unidos recuperem U$ 250.000 do refinanciamento do imóvel da Flórida, cujos fundos serão disponibilizados para pagamento aos Participantes.

O golpe da Telexfree, gerou lucro superior a 3 bilhões de dólares.

EM COMUNICADO OFICIAL, FÁBIO WANZELER SE DEFENDE:

O pedido para resolver os dois casos que envolvem minhas casas, partiu de mim. Pedi ao governo para adicionar os dois casos num acordo, para que eu possa seguir em frente com minha vida, com minha família longe do caso Telexfree.

Sobre o Telexfree, eu era um investidor da mesma forma que 1 milhão de Participantes. Eu pessoalmente investi mais de U$ 45,000 no negócio.

O valor que aparece no acordo (U$ 633.578) não significa que este seja um valor correto recebido.

De qualquer forma eu me tornei um ganhador da rede, e é importante pagar aos Estados da Telexfree esses fundos para compensar aqueles que não recuperaram seu investimento.

Sobre as minhas propriedades, o jeito que eu comprei minhas casas continua o mesmo, meu irmão não comprou minhas casas, ele me pagou em forma de compensação de parceria passada .. Os negócios eram Comunicação e Diskavontade do Common Cent, uma parceria que terminou em Maio de 2010 fazer por discordâncias financeiras.

Infelizmente, quando resolvi com meu irmão as divergências sobre a parte financeira, não tinha uma bola de cristal para saber se meu irmão estava me compensando com fundos que ganhava da Telexfree.

Deixe sua opinião