Abranetwork delibera procedimentos em face da YouXWallet

Após a Live realizada por Joab Santos, da YOUXWALLET, a comissão jurídica dessa Instituição, deliberou ontem sobre sugestões e medidas que os empreendedores e aportadores devem tomar, para serem ressarcidos pela empresa, que alega ter sido vitima de hackers em seu sistema.

Considerando que Joab Santos está sendo orientado e que não ofereceu posição concreta de solução, ganhando tempo para se defender e esfriar os ânimos da rede, o jurídico, após avaliar todas as medidas legais cabíveis, resolveu sugerir que os interessados da rede entre com uma ação coletiva, para evitar milhares de ações individuais, em diferentes fóruns, cidades e estados, com abordagens, proposições e pedidos sem padrão, que irão gerar milhares e milhares de páginas de processos, numa lentidão absurda e de um desfecho imprevisível.

Sendo assim, o escritório IDBT, comandado pelo Dr. Wagner Barbosa, irá liderar a referida ação em defesa dos empreendedores ABRANETWORK, de acordo com forte estratégia jurídica, apoio dos veículos de comunicação, mídia, órgãos públicos e lesados, para combater e representar contra as eventuais ilegalidades cometidas contra o consumidor, contra a ordem econômica e social, contra economia popular, contra o sistema financeiro, contra a ordem tributária, especialmente evasão de divisas, por eventual organização criminosa, lavagem de dinheiro, etc…

Vale ressaltar, que o crime  maior absorve o crime menor, como estelionato e outras fraudes, apropriação indébita, etc…

Sendo assim, a ABRANETWORK irá disponibilizar em seu site, (abranetwork.com.br), um link amanhã dia 13/11, para que todos os empreendedores e lesados possam aderir a essa ação.

Os empreendedores que investiram menos de R$ 1.000,00, deverão requerer indenização e o escritório jurídico não cobrará custas pelo processo.

Caso o empreendedor opte por ter outro escritório representando seus direitos, recomenda-se eventualmente litisconsórcio na mesma ação.

O Dr. Wagner Barbosa irá disponibilizar informações para que a rede entenda o que será feito, bem como telefone exclusivo para contato e e-mail.

A ABRANETWORK irá realizar um evento que será divulgado em breve, convidando representantes do Ministério Público, da CVM, das Policias e advogados do segmento para que o mercado conheça tudo o que a instituição e os órgãos podem realizar alinhar para combater “pirâmides” e fraudes a partir de esquemas Ponzi.

O Dr. Wagner Barbosa recomenda que todos os empreendedores tenham em mãos os seguintes documentos que deverão ser enviados através do link no site http://www.abranetwork.com.br

São eles: Identidade, CPF, comprovante de endereço, cidade, Estado, CEP, e-mail, telefone, ID na YouXWallet, valor pago pelo pack de adesão, saldo a receber (somente do que falta para recuperar o investimento feito) com os devidos prints das telas do back office.

Empreendedores e líderes que já recuperaram seus valores não participarão desse processo.

Veja abaixo, a DELIBERAÇÃO JURÍDICA DA ABRANETWORK SOBRE A YOUXWALLET:

 

Considerando a situação fática envolvendo a YOUXWALLET e o MMN;

Levando em conta que a empresa foi legalizada na Estônia, mas faz uso no Brasil da empresa ÁGUIAS BRASIL Ltda. para realizar parte de seus compromissos no território nacional;
Tendo em mente que as operações e pagamentos foram unilateralmente suspensos pela direção da YOUXWALLET, leia-se Joab Santos Teixeira, causando imensos prejuízos a diversos empreendedores;

Verificando que as motivações apresentadas ratificando o COMUNICADO OFICIAL da empresa projetam para o futuro uma solução esperada para o pretérito, a fim de resilir as angustias e anseios da rede de filiados, alegando: a) hackeamento do sistema da empresa; b) auditoria para levantar os prejuízos sofridos; c) proposta para solução do retorno dos valores pendentes de pagamento; d) e/ou a migração da rede para uma nova empresa conforme já aventado.

Visualizando que a auditoria mencionada termina, segundo Joab Santos Teixeira, no dia 30NOV, e, que ele virá a público para apresentar solução definitiva no dia 01DEZ, esperamos que tal se cumpra.

Apesar do prazo estabelecido para a apresentação de uma solução, a ABRANETWORK não rechaça que os empreendedores devam buscar uma solução judicial, uma vez que há clara demonstração por parte da empresa acerca da inexistência de ativos suficientes para ressarcir os valores e danos envolvidos.

Nesse sentido, no cumprimento de seus objetivos sociais, a ABRANETWORK disponibilizará orientação jurídica aos interessados para apoiá-los em suas demandas individuais ou coletivas.

A instituição disponibilizará um link no site http://www.abranetwork.com.br, para esclarecimentos jurídicos e aproximação com outros prejudicados e advogados recomendados pela ABRANETWORK.

Deixe sua opinião