AGR abre processo criminal contra grupo de piramideiros

Conforme comunicado da AGR divulgado a pouco e publicado abaixo, a empresa está entrando hoje com várias ações civis e criminais, através de um dos maiores escritórios de advocacia do país contra um grupo de piramideiros que fizeram montagem de áudios totalmente fora do contexto, para culpar o empresário da empresa pela quebra da pirâmide que desenvolviam e dessa forma extorquir do presidente da empresa, um bom montante de dinheiro, conforme áudios e documentos que este possui para sua defesa.

Clarel Lopes, garantiu que a lista criminal do caluniador é extensa e que as inverdades e distorções serão usadas contra os autores.

Publicidade

Disse que o pirâmideiro João Marcucci, comprou da AGR, pacotes de viagens e pagou apenas parte do valor devido, fazendo com que, a AGR tirasse do ar o link de acesso aos pacotes.
Sem as viagens prometidas, João Marcucci assinou uma Confissão de Dívida, reconhecida em cartório, (vide abaixo), e propôs que Clarel Lopes entrasse no negócio.

Com a recusa e sem ter como devolver o dinheiro e entregar as viagens, numa armação com seus principais lideres, criou a estratégia de responsabilizar o empresário, através de aúdios editados para pressionar e exercer chantagem.

A AGR garante que dará o pacote de viagem, a qualquer pessoa que comprovar o direito a mesma.

Segue abaixo, a Confissão de Dívida e o comunicado oficial da AGR.

IMG-20171107-WA0053

IMG-20171107-WA0052

IMG-20171107-WA0051

COMUNICADO OFICIAL
IMG-20171107-WA0046 (1)

Deixe sua opinião