Bancos da Alemanha estão autorizados a vender e guardar criptomoedas

Agora os Brasileiros entenderam porque há alguns meses atrás, a Credminer, que foi rebatizada de MDX para entrar em todos os países do mundo, resolveu mudar sua sede para Alemanha.

É que os bancos alemães, estão autorizados por Lei, a vender e guardar criptomoedas a partir de 2020.

É a primeira vez que um país, cria uma Lei diretiva que legaliza a operação das criptomoedas e combate a Lavagem de Dinheiro da União Europeia.

As instituições bancárias poderão fornecer aos seus clientes a compra e venda de criptoativos, uma vez que o projeto de lei já foi aprovado pelo Bundestag, o Parlamento Federal da Alemanha. Ou seja, os bancos poderão oferecer aos seus clientes investimentos em criptografia juntamente com títulos tradicionais como títulos e ações com apenas um “toque de um botão”.

“A Alemanha está a caminho de se tornar O paraíso das criptomoedas e O legislador alemão está desempenhando um papel pioneiro na regulamentação dos criptoativos”

declarou Sven Hildebrandt, diretor da empresa de consultoria DLC.

O grande receio do mercado, é a “ambição” dos banqueiros, em oferecer de maneira “agressiva” investimentos em criptomoedas para investidores sem conhecimento.

“Basicamente, os bancos vendem uma variedade de produtos financeiros, agora  eles terão permissão para vender criptomoedas e mantê-las por um certo preço e os investidores correm o risco de terem prejuízo, sem que eles saibam o que está acontecendo“, disse Naushauser.

Um comentarista financeiro alemão, disse: “Os bancos já estão lucrando com os lucros das empresas do mercado de criptomoedas. É importante garantir a proteção financeira do consumidor não deve ser prejudicada”.

 

Deixe sua opinião