Por que as empresas de MMN estão atravessando momento ruím no Brasil?

Se por um bom período a pandemia ajudou os empreendedores a gerarem vendas de produtos, através de catálogos, whatsapp e demonstrações via zoom, o segmento vivencia um momento muito ruím no Brasil e na América Latina.

Claudio Di Lucca, CEO da Sucesso Network listou alguns dos motivos que acredita, terem gerado o fraco desempenho do segmento este ano. São eles:

1. As empresas oferecem o mais do mesmo

Virou rotina no Brasil, empresas copiarem os concorrentes, lançando produtos que se equivalem e com diferenciais pouco tangíveis e efetivos que justifiquem a cópia.

Exemplo clássico e recente, foi a Maravilhas da Terra, cujo produto mais vendido, o SB (chá Seca Barriga) que já era pirateado e vendido por camelôs no Brasil todo, também foi amplamente copiado por quase todas as empresas do segmento que lançaram chás semelhantes.

- Publicidade -

Vale lembrar que quando o MMN foi criado, a Amway era detentora do produto L.O.C. que nunca conseguiu ter um concorrente eficaz a altura. E isso já faz 80 anos.

A Herbalife foi a primeira a lançar shake para controle de peso e apesar das empresas terem tentado copiar, a Herbalife se manteve focada nessa linha de produtos, lançando sabores cada vez melhores e aprimorando sua fórmula.

2. TREINAMENTO FALHO, EQUIVOCADO, FRACO E SEM SISTEMA PROFISSIONAL

As empresas não possuem treinamento qualificado e pior, entregam para seus líderes o que é 100% responsabilidade delas.

Somente no Brasil, o sistema é criado e gerido por líderes, que mesmo tendo expertise de patrocínio, não possuem formação, conhecimento mais aprofundado em neurociência, psicologia comportamental, técnicas de oratória, de persuasão, vendas, entre tantos outros requisitos para a devida qualificação e sustentabilidade da rede.

É como se o McDonald’s deixasse seus principais franqueados criarem seus próprios treinamentos. Cada franquia teria um sanduiches com sabores diferentes, desqualificando a marca e arranhando o negócio.

3. Os líderes que deveriam ser exemplo de profissionalismo, são os mesmos que cospem no prato que comem, quando saem da empresa.

A ingratidão de certos líderes, que pulam fora do barco, quando a maré não tá boa e queimam a empresa, diretamente e indiretamente, é outro ponto negativo.

Enquanto estão ganhando dinheiro, vendendo produtos e montando a rede, estão na melhor empresa do mundo. Mas quando a mesma enfrenta algum problema pontual que ameace o líder perder seus líderes abaixo e rede para outra empresa, pulam fora vendendo a imagem de que a grama do vizinho é mais verde.

Claro, que paciência tem limite. Muitas empresas possuem problemas de gestão e falaremos sobre isso adiante.

O problema não é trocar a empresa, mas denegrir a ex empresa e por decorrência gerar frustração em diversos empreendedores que se desencantam com a indústria.

4. Líderes que são movidos pela Ganância

O sistema binário favorece, os líderes a trocarem de empresa, depois que montam redes grandes, mamam o lucro que a empresa oferece e trocam preferencialmente pelo binário de outra empresa, quando encontram dificuldade de patrocinar pessoas.

Para piorar, existem empresas e líderes que oferecem vantagens, como um lado inteiro construído e mesadinhas para sustentar líderes até chegarem ao ganho financeiro mínimo que necessitam.

Neste caso, levam dezenas e centenas de pessoas que não terão as vantagens que eles recebem, mas usarão argumentos comparativos para justificar a debandada de uma empresa, para outra.

5. Problemas nas redes sociais

Outro fator que ajudou a criar uma imagem negativa e o enfraquecimento do MMN, foram os grupos de whatsapp.

A quantidade de informações maldosas, tendenciosas, de mau gosto, infelizes e irresponsáveis é lamentável.

Mais frustrante ainda, quando “líderes” falam mal de empresas, de pessoas, viralizam imagens, gifs, informações sujas, que destroem a reputação de empresas e pessoas.

Claro, que todo mundo pode falar o que quiser, mas falar mentiras, denegrir e influenciar pessoas que muitas vezes nem são profissionais ou estão sendo preparadas, “ajudam a formar” um pensamento equivoco, onde a falta de ética passa a ser senso comum.

O novo normal do MMN nestes grupos, é falar mal de empresas e queimar pessoas. É postar materiais que não ajudam no aprimoramento profissional, mas servem de chacota pública, em conivência dos próprios criadores e admistradores dos grupos.

Até videos de sexo, de assalto e banners desmoralizando empresas viraram rotina.

6. Problemas de Gestão

Muitas empresas são administradas por pessoas sem o expertise de VD e MMN necessária.

Um líder pode ser dono de uma empresa? Pode e deve, desde que tenha em seu corporativo profissionais altamente qualificados.

Um empresário bem sucedido pode entrar no MMN? Pode e deve, desde que entenda que o sucesso da empresa dele, pode não acontecer neste segmento, se não tiver visão e competência para atender aos 20 itens essenciais para atuar de forma responsável, profissional e competente.

Clique AQUI para conhecer os 20 motivos que devem ser analisados numa empresa.

Não faz o menor sentido, você montar uma loja no shopping e e ficar sem produto para vender. Pior ainda, se isso acontecer em Dezembro, mês de grandes vendas.

Não faz o menor sentido, a empresa criar planos atraentes para colocar pessoas para dentro do negócio e não dar conta de entregar o que promete.

Não faz o menos sentido, arregimentar um exercito de pessoas, e perder as mesmas por não ter planejamento, estrutura e competência em todas áreas do negócio.

7. Turnover

É inadmissível empresas e líderes que alegam que o turnover é natural. Que o entra e sai de pessoas é normal.

Então quero dizer, que não, não é normal.

É preciso responsabilidade e inteligência de marketing para ganhar e manter clientes. Não faz sentido ganhar e perder redes inteiras.

E alegar que o MMN é cíclico, que empresas caem e se levantam, é dar justificativa para garantir seus empregos ou justificar a incompetência de trabalhar de forma errada.

8. A moda de crescer rápido e prometer inverdades

Todo líder quer ganhar dinheiro rápido. Todo empresário quer crescer muito. Mas a pressa é inimiga da perfeição.

O Boom que as empresas vivem, geram problemas de logística, de sistema e de qualificação das pessoas.

A frustração e o insucesso dos representantes queimam a empresa, as marcas e o negócio.

Estamos vivendo numa era onde a tecnologia e a informação andam juntas e onde conhecimento e competencia são essenciais.

Está na hora de repensarmos nossas conduta e reavaliarmos o que de fato estamos fazendo em prol dessa indústria poderosa que é o MMN.

E agora que poucas pessoas estão ganhando dinheiro com produtos, é que vamos ver quem vai se superar com ética, profissionalismo e ser exemplo de verdade para o mercado.

Agora iremos ver quem vai fingir que não está vendo e vai optar, em épocas de vacas magras, por desenvolver uma pirâmide para ganhar dinheiro fácil, fingindo que não sabe que é pirâmide, pousando de líder ético e exemplar.

Veja mais

BeFree Mundi anuncia sociedade com grupo que movimenta mais de R$5 bilhões por ano!

A BeFree está entrando em seu terceiro mês de operações e a cada dia anuncia uma nova surpresa para o mercado.

Biogênica lança serviço de telemedicina que pode ser revendido pelos consultores

A Biogênica Corp. lançou o primeiro serviço de Telemedicina do mercado que oferece a possibilidade de revenda e remuneração em níveis para...

Conheça amanhã as melhores empresas para você se dedicar e ganhar dinheiro

A Sucesso Network selecionou as melhores empresas para você dar foco. São empresas de Vendas Diretas, de Marketing de...

A Prüvit lança nova estratégia de publicidade e cria cultura única no mercado

Para aumentar a exposição de sua marca, a Prüvit, está lançando e exibindo sua marca em roupas, mochilas, malas e em todo...

Veja Também

Young Living perde seu CEO para outra empresa do segmento

Jared Turner não é mais o Diretor Geral da poderosa e bilionária Young Living. A partir de agora,...

Evento de pré-marketing da Science Life atrai líderes de todo o Brasil

A Science Life só tem motivos para comemorar. No último domingo, 05/09, a empresa realizou seu evento de lançamento do pré-marketing para...

Forte líder da ByDzyne dá golpe na rede e empresa perde dezenas de empreendedores

A ByDzyne que está em pré-marketing no Brasil, sofreu um duro golpe ao ser prejudicada pelo líder espanhol Alejandro Mateo, que recebeu...

Cientistas da Herbalife participarão de um dos maiores eventos de Química do mundo

A Herbalife Nutrition acabou de comunicar que especialistas selecionados de sua equipe de mais de 300 cientistas apresentarão pesquisas emergentes aos participantes...

New U Life lança plataforma de gestão financeira UWallet

A News U Life, empresa de venda direta de saúde e bem-estar conhecida por seu gel SomaDerm, lançou uma nova plataforma financeira...

Mais Destaques

TikTok lança recursos de compras por meio de vídeos que vai ajudar a Venda Direta

Os vídeos do TikTok em breve oferecerão produtos que podem ser comprados, permitindo que os usuários comprem itens diretamente por meio dos...

O crescimento impressionante da Atomy durante a pandemia COVID-19

A Atomy, empresa de vendas diretas com sede na Coréia do Sul registrou vendas globais de US $ 1,48 bilhão em 2020,...

Forever Living recebe vários prêmios pela qualidade de seus produtos

Durante mais de 40 anos, a Forever Living Products, a maior cultivadora, fabricante e vendedora de produtos a base de Aloe Vera...

SP’LUNA lança seu sistema de treinamento

A empresa de MMN, SP'LUNA já está realizando reuniões presenciais para oferecer sua oportunidade de negócios, por todo o país.

Monarkê é a nova empresa brasileira de Marketing Multinível

Tendo como fundador o experiente líder José Emídio que com sua experiência de campo, resolver mudar de lado, criar sua empresa e...