Por que as empresas de MMN estão atravessando momento ruím no Brasil?

Se por um bom período a pandemia ajudou os empreendedores a gerarem vendas de produtos, através de catálogos, whatsapp e demonstrações via zoom, o segmento vivencia um momento muito ruím no Brasil e na América Latina.

Claudio Di Lucca, CEO da Sucesso Network listou alguns dos motivos que acredita, terem gerado o fraco desempenho do segmento este ano. São eles:

1. As empresas oferecem o mais do mesmo

Virou rotina no Brasil, empresas copiarem os concorrentes, lançando produtos que se equivalem e com diferenciais pouco tangíveis e efetivos que justifiquem a cópia.

Exemplo clássico e recente, foi a Maravilhas da Terra, cujo produto mais vendido, o SB (chá Seca Barriga) que já era pirateado e vendido por camelôs no Brasil todo, também foi amplamente copiado por quase todas as empresas do segmento que lançaram chás semelhantes.

- Publicidade -

Vale lembrar que quando o MMN foi criado, a Amway era detentora do produto L.O.C. que nunca conseguiu ter um concorrente eficaz a altura. E isso já faz 80 anos.

A Herbalife foi a primeira a lançar shake para controle de peso e apesar das empresas terem tentado copiar, a Herbalife se manteve focada nessa linha de produtos, lançando sabores cada vez melhores e aprimorando sua fórmula.

2. TREINAMENTO FALHO, EQUIVOCADO, FRACO E SEM SISTEMA PROFISSIONAL

As empresas não possuem treinamento qualificado e pior, entregam para seus líderes o que é 100% responsabilidade delas.

Somente no Brasil, o sistema é criado e gerido por líderes, que mesmo tendo expertise de patrocínio, não possuem formação, conhecimento mais aprofundado em neurociência, psicologia comportamental, técnicas de oratória, de persuasão, vendas, entre tantos outros requisitos para a devida qualificação e sustentabilidade da rede.

É como se o McDonald’s deixasse seus principais franqueados criarem seus próprios treinamentos. Cada franquia teria um sanduiches com sabores diferentes, desqualificando a marca e arranhando o negócio.

3. Os líderes que deveriam ser exemplo de profissionalismo, são os mesmos que cospem no prato que comem, quando saem da empresa.

A ingratidão de certos líderes, que pulam fora do barco, quando a maré não tá boa e queimam a empresa, diretamente e indiretamente, é outro ponto negativo.

Enquanto estão ganhando dinheiro, vendendo produtos e montando a rede, estão na melhor empresa do mundo. Mas quando a mesma enfrenta algum problema pontual que ameace o líder perder seus líderes abaixo e rede para outra empresa, pulam fora vendendo a imagem de que a grama do vizinho é mais verde.

Claro, que paciência tem limite. Muitas empresas possuem problemas de gestão e falaremos sobre isso adiante.

O problema não é trocar a empresa, mas denegrir a ex empresa e por decorrência gerar frustração em diversos empreendedores que se desencantam com a indústria.

4. Líderes que são movidos pela Ganância

O sistema binário favorece, os líderes a trocarem de empresa, depois que montam redes grandes, mamam o lucro que a empresa oferece e trocam preferencialmente pelo binário de outra empresa, quando encontram dificuldade de patrocinar pessoas.

Para piorar, existem empresas e líderes que oferecem vantagens, como um lado inteiro construído e mesadinhas para sustentar líderes até chegarem ao ganho financeiro mínimo que necessitam.

Neste caso, levam dezenas e centenas de pessoas que não terão as vantagens que eles recebem, mas usarão argumentos comparativos para justificar a debandada de uma empresa, para outra.

5. Problemas nas redes sociais

Outro fator que ajudou a criar uma imagem negativa e o enfraquecimento do MMN, foram os grupos de whatsapp.

A quantidade de informações maldosas, tendenciosas, de mau gosto, infelizes e irresponsáveis é lamentável.

Mais frustrante ainda, quando “líderes” falam mal de empresas, de pessoas, viralizam imagens, gifs, informações sujas, que destroem a reputação de empresas e pessoas.

Claro, que todo mundo pode falar o que quiser, mas falar mentiras, denegrir e influenciar pessoas que muitas vezes nem são profissionais ou estão sendo preparadas, “ajudam a formar” um pensamento equivoco, onde a falta de ética passa a ser senso comum.

O novo normal do MMN nestes grupos, é falar mal de empresas e queimar pessoas. É postar materiais que não ajudam no aprimoramento profissional, mas servem de chacota pública, em conivência dos próprios criadores e admistradores dos grupos.

Até videos de sexo, de assalto e banners desmoralizando empresas viraram rotina.

6. Problemas de Gestão

Muitas empresas são administradas por pessoas sem o expertise de VD e MMN necessária.

Um líder pode ser dono de uma empresa? Pode e deve, desde que tenha em seu corporativo profissionais altamente qualificados.

Um empresário bem sucedido pode entrar no MMN? Pode e deve, desde que entenda que o sucesso da empresa dele, pode não acontecer neste segmento, se não tiver visão e competência para atender aos 20 itens essenciais para atuar de forma responsável, profissional e competente.

Clique AQUI para conhecer os 20 motivos que devem ser analisados numa empresa.

Não faz o menor sentido, você montar uma loja no shopping e e ficar sem produto para vender. Pior ainda, se isso acontecer em Dezembro, mês de grandes vendas.

Não faz o menor sentido, a empresa criar planos atraentes para colocar pessoas para dentro do negócio e não dar conta de entregar o que promete.

Não faz o menos sentido, arregimentar um exercito de pessoas, e perder as mesmas por não ter planejamento, estrutura e competência em todas áreas do negócio.

7. Turnover

É inadmissível empresas e líderes que alegam que o turnover é natural. Que o entra e sai de pessoas é normal.

Então quero dizer, que não, não é normal.

É preciso responsabilidade e inteligência de marketing para ganhar e manter clientes. Não faz sentido ganhar e perder redes inteiras.

E alegar que o MMN é cíclico, que empresas caem e se levantam, é dar justificativa para garantir seus empregos ou justificar a incompetência de trabalhar de forma errada.

8. A moda de crescer rápido e prometer inverdades

Todo líder quer ganhar dinheiro rápido. Todo empresário quer crescer muito. Mas a pressa é inimiga da perfeição.

O Boom que as empresas vivem, geram problemas de logística, de sistema e de qualificação das pessoas.

A frustração e o insucesso dos representantes queimam a empresa, as marcas e o negócio.

Estamos vivendo numa era onde a tecnologia e a informação andam juntas e onde conhecimento e competencia são essenciais.

Está na hora de repensarmos nossas conduta e reavaliarmos o que de fato estamos fazendo em prol dessa indústria poderosa que é o MMN.

E agora que poucas pessoas estão ganhando dinheiro com produtos, é que vamos ver quem vai se superar com ética, profissionalismo e ser exemplo de verdade para o mercado.

Agora iremos ver quem vai fingir que não está vendo e vai optar, em épocas de vacas magras, por desenvolver uma pirâmide para ganhar dinheiro fácil, fingindo que não sabe que é pirâmide, pousando de líder ético e exemplar.

Veja mais

It Works! lança uma nova plataforma que vai competir com a Netflix

O fundador Mark Pentecost compartilha sua paixão pelo empreendedorismo por meio de uma nova plataforma de streaming, a Impact Professionals. 

FDA emite notificação contra a Young Living nos EUA

Leia trechos da Notificação Oficial da FDA para a Young Living: "Esta carta é para informar que a Food...

Keylin Masis e Carolina Caamaño alcançam a classificação de diamante em seu primeiro mês no Grupo Zeta, que já vai abrir rede no Brasil

Keylin Masis e Carolina Caamaño são empresárias de sucesso, analistas financeiros, sócias e grandes amigas que vêm construindo juntos uma grande história...

LimeLife anuncia vendas de US$ 71,3 milhões no ano fiscal de 2022

A L'Occitane International SA, controladora da marca de beleza de venda direta LimeLife, anunciou seus resultados financeiros para o ano fiscal encerrado em...

Veja Também

Como as mulheres de hoje podem “TER TUDO”, por Kim Kiyosaki

*O artigo a seguir foi escrito por Kim Kiyosaki e foi publicado originalmente no blog Rich Dad.  Você é...

Grupo Zeta obtém ótimos resultados e em apenas 30 dias do início de suas operações

Como afirmou a lenda Allan Badilla, “A revolução 4.0 fará história”, o Grupo Zeta, em seu primeiro mês alcançou ótimos resultados e...

Notícias de Hoje, sexta-feira dia 22 de Julho

Datas Comemorativas:Dia da Aproximação de PiDia do Cantor LíricoDia Mundial do Cérebro Temperatura e Indicadores Financeiros:⛅ Mín 13° Máx...

Receba diversas notícias do segmento de Venda Direta e MMN no seu WhatsApp

Todos os dias, você receberá uma média 5 notícias de MMN e Venda Direta. Se quiser receber em seu...

BE leva mais de 400 distribuidores com todas as despesas pagas para a cidade de Tulum

A empresa de marketing de rede BE anunciou que desenvolverá um retiro espetacular para mais de 400 distribuidores de alto nível no...

Mais Destaques

Um dos tokens mais lucrativos e seguros do mundo artístico, será lançado quinta-feira em São Paulo

Para quem é de São Paulo e tem interesse em investir num Criptoativo seguro, rentável e que possui grande potencial de ganhos...

OmegaPro tem Ronaldinho Gaúcho e Vinícius Jr. como Embaixadores para sua grande convenção anual

A recente Convenção Global Rise LATAM da OmegaPro foi realizada no grande palco do Panamá Convention Center e este ano atraiu um grande...

Notícias de hoje do Brasil e do Mundo

Datas Comemorativas:Dia Nacional do TrovadorDia Internacional Nelson Mandela Temperatura e Indicadores Financeiros:⛅ Mín 24° Máx 31° (São Luís-MA)💵 Dólar...

Mudanças na Embelleze VD

Desde semana passada, a empresa Embelleze VD, que pertence a Embelleze (Leia-se Itamar Serpa), grupo empresarial de produtos de beleza, formação de...

Betzord: empresa de apostas esportivas leva Polícia a investigar famosos e apreender diversos bens em suas casas

A empresa Betzord, que atua no segmento de apostas esportivas, foi o motivo da apreensão de diversos bens na casa da influencer...