F2 Trading engana investidores mexicanos

Os investidores da F2 Trading Corp que vivem no México acordaram e descobriram que foram bloqueados pela empresa.

Em vez de permitir que eles efetuem login para ver seu saldo monetário, a F2 Trading Corp está mostrando o seguinte comunicado aos investidores mexicanos:

Não está claro se o México é o único país afetado. A F2 Trading Corp é liderada por Philip Han e tem como alvo principal o Brasil, onde ele encerrou as operações.

A mensagem de fraude da F2 Trading Corp cita uma “ordem judicial e administrativa”, mas falha em fornecer detalhes.

Alguns investidores mexicanos comentaram sobre o bloqueio através da conta oficial do Facebook da F2 Trading Corp:

Eu sou um investidor F2. Hoje não consigo mais fazer login na minha conta. Fui bloqueado. Quem pode me ajudar a resolver esse problema?

**

No México, recebemos um e-mail informando que minha conta foi bloqueada devido à alteração na lei e à decisão judicial urgente concedida pelo próprio país.

Nenhuma explicação adicional foi dada. Isso é tão frustrante. Não consigo alcançar ninguém.

Não tenho um número de telefone para contato e os e-mails não estão sendo respondidos.

**

Bom Dia. Minha conta foi bloqueada como muitos usuários pelo que vejo.

Outra captura de tela que recebi de outro afiliado da F2 Trading Corporation mostra uma mensagem um pouco diferente:

Desta vez, é mencionada uma “decisão judicial urgente”, mas novamente nenhum detalhe específico é fornecido.

Os títulos são regulamentados no México e, até onde sabemos, não houve mudanças na lei mexicana de títulos recentemente.

Parece que Philip Han decidiu ficar com o dinheiro de todos e começar a bloquear os investidores.

Recebemos informações de que a mesma mensagem está aparecendo em diversos países.

Será que todos os países mudaram a lei e só comunicaram a F2 ou a empresa realmente deu um golpe atingindo milhares de pessoas do mundo, para pagar os investidores brasileiros?

Aliás, alguém não recebeu da F2 no Brasil? Deixe aqui seu comentário.

Deixe sua opinião