Natura vai entrar no Marketing Multinível mesmo? Quando?

Há dois anos, muito se fala da entrada da Natura no segmento de MMN.
O presidente da empresa, já deu entrevista na TV defendendo as vantagens deste formato comercial.
Fernando Seabra Jr, filho do sócio fundador da Natura, Luis Seabra, investiu 10 milhões na Titan Educação, empresa de educação a distância, que funcionava através do MMN.
Fundada em 2015, a empresa sucumbiu e o negócio foi descontinuado este ano.
Um dos motivos do insucesso da Titan Educação, foi a falta de cultura das pessoas em comprarem este tipo de curso via web. Além disso, o plano de compensação não agradou a grandes lideres que acabaram não aderindo a empresa.
Alguns profissionais do segmento dizem que a comunicação da empresa não foi adequada e que faltou profissionais que entendessem profundamente do segmento na gestão da empresa.
Talvez por isso, o cuidado da Natura em se lançar precipitadamente no segmento.
Especula-se muito, mas de concreto, sabe-se apenas que a Natura lançará uma nova marca, com produtos mais populares, para fazer frente a Avon e outras empresas que vendem cosméticos.
Estimamos que até o fim de Agosto, a empresa emita uma nota oficial.
A entrada da Natura no marketing multínivel, irá sacudir as empresas que estão no Brasil, elevando a concorrência e a qualidade dos produtos.
Só resta esperar.

Publicidade