O interesse pelo empreendedorismo na América Latina está crescendo

A última grande pesquisa sobre empreendedorismo na América Latina traz descobertas surpreendentes sobre as perspectivas dos cidadãos sobre as atividades de negócios independentes. Cada vez mais pessoas estão interessadas em empreendedorismo e venda direta.

De acordo com as pesquisas mais recentes da Amway e seu Relatório de Empreendedorismo Global, 63% dos homens estão interessados ​​em vendas diretas, enquanto 58% das mulheres a veem como uma oportunidade de trabalho séria para começar um negócio próprio.

No caso de países latino-americanos como o México, 90% dos entrevistados indicaram ter interesse em abrir seu próprio negócio, o que supera em muito os 57% mundiais que expressam o mesmo desejo.

Esta é a décima edição do Global Entrepreneurship Report, que a Amway produziu em colaboração com as empresas de consultoria Ipsos e GFK. Os resultados foram apresentados no evento regional “A Força do Empreendedor Latino-Americano”, que contou com a presença de representantes do empreendedorismo regional de 11 nações nos quais a Amway está presente.

O evento também contou com a presença de renomados especialistas e empresários da região como Martín Galeazzi, gerente geral da Amway para o México, José Ricardo Buitrago, da Colômbia, CEO fundador do AWAKE, Gonzalo Erize (Argentina), fundador da organização sem incentivo Saun , Abril Vieyra (do México), diretor e fundador da plataforma digital Flow, e Edison Tobón, dono de uma empresa independente e empresário Amway.

- Publicidade -

“Esses resultados nos permitem entender os motivos pelos quais as pessoas são a favor ou contra a abertura de empresas, o que nos ajuda a promover melhores condições para os empresários no México e no mundo. Mais empreendedores significam mais oportunidades, mais crescimento e mais prosperidade para todos “, disse Martín Galeazzi, Gerente Geral da Amway de México.

Para entender por que essa pesquisa é tão importante, basta olhar a amostra que ela coletou este ano. Houve mais de 23.808 entrevistados em 25 países. O objetivo da pesquisa foi identificar os aspectos que estimulam ou dificultam o espírito empreendedor e as diferenças que surgem em relação à era pré-pandêmica. Aspectos fundamentais como o interesse em um negócio, a viabilidade de iniciar um negócio, o apoio de familiares ou amigos para o empreendimento, os recursos disponíveis e os benefícios potenciais esperados de iniciar um negócio, bem como os obstáculos percebidos, são examinados. e o uso que é dado às redes sociais.

No evento de apresentação dos resultados, foram abordados outros fatores fundamentais que são considerados na abertura de um negócio, as dificuldades que os empresários latino-americanos enfrentam e conselhos e recomendações que ajudarão a inspirar mais gente da região a seguir o caminho de começar o seu próprio. o negócio. Os especialistas compartilharam histórias de sucesso notáveis ​​que mostram a importância das boas práticas de empreendedorismo.

Por meio do evento, a Amway buscou dar maior visibilidade à questão do empreendedorismo no México e na América Latina e enfatizar o valor do empreendedor na economia contemporânea, bem como os motivos que levam a acreditar na necessidade de dar suporte a todos. que desejam iniciar seu próprio negócio.

Entre os aspectos mais destacados para o caso mexicano neste relatório estão os seguintes dados:

75% estão interessados ​​em vendas nas redes sociais, 75% também querem trabalhar de forma independente, embora 69% ainda digam que consideram o trabalho tradicional atraente.

63% dos homens estão interessados ​​na venda direta.

58% das mulheres veem a venda direta como uma oportunidade interessante para iniciar um negócio.

Entre as pessoas com menos de 35 anos, 73% indicaram que se interessam pelo trabalho autônomo como oportunidade profissional e de negócios, e também 69% disseram que estariam dispostos a iniciar um negócio relacionado ao comércio eletrônico.

Mas não são apenas os jovens que demonstram interesse pelo empreendedorismo.

77% dos inquiridos com mais de 35 anos indicam que o trabalho autônomo é a principal opção para iniciar uma empresa. Mais importante ainda, 76% veem as vendas nas redes sociais como uma desejável oportunidade de negócio, tendo em conta a importância que o Network Marketing atribui às redes sociais.

O uso de redes sociais

A importância da tecnologia nos negócios também foi um dos pontos interessantes deste estudo.

87% dos entrevistados no México indicam que usariam as redes sociais para iniciar seu próprio empreendedorismo.

Em comparação com outras nações, o México superou amplamente os resultados globais com as seguintes declarações:

A mídia social é a melhor forma de maximizar o número de clientes e vender um produto (64% dos entrevistados responderam que sim).

Canais de mídia social são a melhor forma de promover um negócio (61% disseram que sim).

Quão viável é para as pessoas começarem seus próprios negócios

As pessoas também estão ficando mais confiantes em suas decisões de iniciar um negócio. Quando questionados sobre a probabilidade de que amigos ou familiares os dissuadissem de abrir um negócio, 65% dos entrevistados notaram que amigos e familiares não poderiam dissuadi-los de abrir seu próprio negócio.

As pessoas também têm grande confiança em suas próprias habilidades para abrir um negócio. 83% consideram que possuem as competências necessárias para iniciar o seu próprio negócio.

Porém, os recursos materiais apresentam algumas dúvidas aos respondentes. Apenas 37% acreditam ter recursos para abrir um negócio.

Como as pessoas veem os benefícios de começar um negócio

À pergunta, quais dos benefícios de começar um negócio são os mais atraentes para você? As pessoas responderam:

74% afirmaram que ser patrão é o mais atraente em começar o próprio negócio.

67% dizem que a oportunidade de renda adicional é importante para eles.

E 65% disseram que querem trabalhar em algo pelo qual são realmente apaixonados.

Que obstáculos as pessoas veem ao iniciar seu próprio negócio?

Mesmo que haja uma forte tendência para desenvolver negócios autônomos, as pessoas ainda relatam obstáculos significativos à sua frente ao iniciar seu próprio negócio.

O obstáculo mais importante é o capital necessário. 64% dizem que conseguir o dinheiro para começar é o desafio mais importante. A preocupação em recuperar o investimento em um prazo razoável é outra das preocupações marcantes para 43% dos pesquisados, enquanto 32% afirmam que estabelecer o equilíbrio entre a vida pessoal e o trabalho é um dos desafios mais importantes. Se você olhar de perto, todas essas vantagens são para a venda direta, um setor que oferece vantagens em cada um desses setores, com baixo investimento e com a facilidade de ajudar as pessoas a administrar seu tempo no seu conforto.

Esta pesquisa também destaca o fato de que a maioria das pessoas vê o empreendedorismo de forma positiva, apesar dos grandes obstáculos, reais ou imaginários, que muitos percebem. É, portanto, uma grande oportunidade para todos os promotores de negócios independentes, uma vez que a pandemia mudou substancialmente as perspectivas de muitas pessoas em relação ao empreendedorismo e aos seus próprios negócios.

Assim, vemos que novas perspectivas se abrem para o setor e todos aqueles que sonham com o próprio negócio. Pode ser o início de uma grande nova história para o setor na região.

Veja mais

Conheça os segmentos que estão no MMN dos EUA e não estão no Brasil

O Marketing Multinível chegou ao Brasil há 32 anos atrás, mas essa poderosa indústria, já existe há 80 anos.

ACN adquire a maior empresa de energia da indústria de MMN do mundo

De acordo com várias fontes bem informadas próximas às duas empresas, a ACN adquiriu recentemente a Kynect, uma empresa anteriormente conhecida como Stream Energy. 

Uma das maiores lideranças da doTERRA Brasil faz evento para mais de 200 líderes de sua equipe

No final de semana passado, do dia 11 a 13/junho, a Líder Marizete e seu marido Alcir Damaceno, promoveram um evento para...

A Neora se prepara para ser uma oportunidade de ponta no mundo e em breve no Brasil

A medida que a tecnologia continua a mudar os modelos tradicionais de vida profissional, mais pessoas estão se voltando para empregos de...

Veja Também

A Herbalife premia pelo terceiro ano consecutivo sua bolsa universitária para nutricionistas profissionais

A Herbalife em parceria com as principais organizações de nutrição profissional e dieta dos EUA, concedeu bolsas anuais para apoiar a...

NewAge: 1 ano de Soft-Opening e em forte crescimento

No dia 6 de junho, a NewAge comemorou seu primeiro ano no Brasil em meio a forte crescimento A...

Smartkey é pirâmide?

Com forte atuação no whatsapp, líderes internacionais estão prospectando agressivamente pela ferramenta, se apresentando como profissionais de network para apresentar a Smartkey.

Biogênica inicia abertura dos cadastros e já apresenta formas de ganhos

“Se você me permitir, eu quero ser o seu mentor.” Com este convite especial às mais de 2 mil...

SimplyFun ganha mais prêmios com seu novo jogo nos Estados Unidos

A SimplyFun, empresa americana de venda direta que comercializa jogos educacionais por meio de uma rede de distribuidores independentes, foi recentemente homenageada...

Mais Destaques

B4U bate recorde de cadastro a cada dia

A B4U, maior plataforma de criptomoedas do mundo está comemorando dia a dia, recorde de cadastro e ativação no programa de afiliados...

ByDzyne lança programa inovador de viagens por assinatura

Com as viagens ao redor do mundo atingindo seu maior número este mês desde o início da pandemia que abalou o mundo...

EcoForce se lança no mercado tendo como principal produto as árvores

Charles e Tracy Alder, co-fundadores de uma das maiores instituições de caridade rurais não médicas da Austrália, Rural Aid, lançaram a EcoForce...

Ricardo Bortoletto sai da sociedade da Amakha Paris

Ricardo Bortoletto, co-fundador da Amakha Paris, divulgou oficialmente sua saída da empresa depois de 4 anos como presidente. Depois...

Biogênica é a nova empresa de Ednaldo Bispo

Após mais de 25 anos de experiência no Marketing Multinível, Ednaldo Bispo está pronto para lançar sua própria empresa.