Pirâmide D9: mais um milhão de reais apreendidos

A polícia Civil de Itabuna vai apresentar nesta quarta-feira um milhão de reais que foram apreendidos na conta bancária de Edilane Alves de Oliveira, sogra de Danilo Santana, que é acusado de liderar o esquema de pirâmide financeira D9 Clube.

Segundo apuração, foi identificada a transferência milionária para a conta da sogra de Danilo, em uma agência da Caixa Econômica Federal. O dinheiro foi apreendido em virtude de um bloqueio judicial de até R$ 200 milhões nos bens de pessoas ligadas a D9.

Publicidade

Edilane Alves vai responder por lavagem de dinheiro, a polícia suspeita que ela e mais pessoas estão lavando o dinheiro da D9.

Os delegados vão apresentar a quantia nesta quarta-feira e depois conceder uma entrevista coletiva. Vale lembrar que na semana passada a justiça do Rio Grande do sul decretou o mandado de prisão contra Danilo Santana.

A Polícia Civil da Bahia investiga o esquema da D9, segundo a investigação, é uma pirâmide financeira que pode ter movimentando mais de R$ 2 bilhões e lucrado cerca de R$ 200 milhões.

A investigação começou há seis meses com o delegado Humberto Matos, na delegacia de Furto e roubos, mas em virtude do potencial da rede foi criada uma força tarefa composta pelos delegados André Aragão, Katiana Amorin, Humberto Matos e Delmar Bittencourt. A investigação tem o apoio do DCCP – Departamento de Crimes Contra o Patrimônio.

O valor será depositado é uma conta judicial e ficará a disposição das justiça criminal para possível reparação dos prejuízos causados as vítimas.

Deixe sua opinião